Páginas

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Esse aperto no peito

As vezes tenho esse aperto no peito
Que me diz pra pegar o carro
E dirigir pra um lugar bem longe
Tão longe que nem sei onde é
É como se alguém me chamasse
E esse alguém tivesse todas as respostas que eu procuro.
Preciso sair dessa casa, desse bairro, dessa cidade
Já estou criando raízes!
Mudar é necessário
Não só viajar
Conhecer outras culturas, outros povos
Outras formas de viver a vida.
Deixa eu juntar dinheiro
Ou vai sem dinheiro mesmo
E largo a cidade, o trabalho, os amigos, a família
E começo tudo de novo, do zero
Não terei nada a perder
É isso, ou terei que morrer

Nenhum comentário:

Postar um comentário