Páginas

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Em busca de mim mesmo


Não é difícil perceber o que é importante pra mim. Cada dia representa uma flecha de luz entrando pelo meu quarto e esclarecendo minhas ideias e dúvidas. Todos sabem o que é preciso ser feito. Todos conhecem o caminho, mas poucos são aqueles que têm coragem de encarar as consequências positivas do processo.


Estamos todos os dias nos auto-corrompendo, nos auto-sabotando. Parece que o ser humano é um pouco masoquista nesse sentido. O ser humano quer aventura, quer adrenalina, quer rir da cara do perigo... Mas sinto avisar-lhes que isso é puro comportamento animal, puro desejo instintivo de rangir os dentes e rasgar a carne do outro. Será mesmo que ainda precisamos disso? Se você sabe o que te faz feliz e sabe o que deve fazer para conseguir isso, porque protela tanto? Talvez você precise de um objetivo maior de vida, uma meta, pois se tivesse uma, não terias tempo pra gastar com bobagens.. E então você vive de pequenos objetivos temporários que você precisa atingir... Objetivos esses que se baseiam unicamente em resolver os problemas que VOCÊ MESMO CRIOU! Por exemplo?! Arrumar um emprego que você não gosta só porque teve preguiça de se dedicar àquilo que você realmente gostava; Mentir para as pessoas que você respeita, só pra ter o trabalho de manter viva aquela mentira todos os dias; Passar a sua vida toda com alguém que você até gosta, mas que sabe que nunca irá lhe fazer sentir realmente vivo com um simples sorriso e um olhar.  

Eu tenho meus objetivos de vida. São muitos, talvez eu não consiga realizar todos, mas vou fazer o máximo que eu puder para realizar pelo menos um, em prol da humanidade. Esse blog é parte disso. Por ENQUANTO é um dos meios que uso para ajudar as pessoas, de uma alguma forma. Estou realizando caminhos paralelos para construir o caminho para esses meus objetivos, e é assim que tem que ser. Tempo quase não tenho, e por isso tenho que diminuir ainda mais meu tempo de lazer, mas uma coisa é certa: quanto menos tempo você tem, mais coisas você fica disposto a fazer. Aquele que fica em casa o dia todo e não faz nada, nunca consegue se organizar e arranjar tempo pra construir alguma coisa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário