Páginas

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Alessandra Souza declama Caio Fernando de Abreu

Estava eu na casa de um amigo, com pessoas, ouvindo música, conversando, bebendo vinho, tocando violão etc.

Lá pela madrugada eu conversava com Alessandra Souza e cheguei a mostrar o blog a ela. Em determinada hora, depois de eu (tentar) tirar várias fotos artísticas dela, Alessandra começou a declamar esse "poema", que na verdade é trecho de um conto de Caio Fernando de Abreu chamado "Pela Noite", do livro "Estranhos Estrangeiros". Aí já sabe né? Gostei muito e resolvi gravar ela declamando o "poema". O resultado está aí:

Comentem se vocês gostaram! :D


Obs.: para quem gostaria de fazer algo parecido, o áudio do vídeo foi capturado pelo celular que está na mesa, que eu usei para editar e mixar tudo depois, sem o áudio da câmera.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Os Quatro Pilares da Vida: Corpo, Mente, Coração e Energia


Somos feitos de energia, mente, coração e corpo. Cada pessoa supervaloriza um aspecto da vida: para alguns, tudo que importa é a mente, a razão, o cérebro, como ela fosse superior a tudo e tivesse todas as respostas; para outros, a energia é tudo, elas dizem não ao coração, à mente e ao corpo e vão meditar nas montanhas para alcançar um nível superior ao do resto dos humanos; outros vivem apenas de amor e paixão, passam anos quebrando a cara até tentar encontrar o "amor perfeito"; por último, aqueles que tratam o próprio corpo como um troféu, como algo sagrado, vivem na academia, querem ser os mais musculosos para mostrar domínio sobre os outros.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Auto estima e aparência física

Eu estava mal, muito mal no final do carnaval [não, isso não é uma poesia].
Sentia-me feio, sem confiança, com baixa auto estima, rejeitado, ignorado, não conseguia nem olhar no espelho.
Então cheguei à conclusão de que tudo que eu precisava era levantar, erguer a cabeça, reunir todas as minhas forças e...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Renúncia do Papa Bento XVI e críticas à Igreja

Há muitos boatos sobre a renúncia do Papa Bento XVI em 2013, mas a verdade é que ele renunciou pra curtir o resto do carnaval aqui no Brasil. hehe
 
Papa Bento XVI

Não, gente, na verdade é que ele (não tava convencendo ninguém) disse não estar mais em condições, especialmente físicas, de prosseguir como Papa. Vocês sabem que os Papas anteriores continuaram lá no Vaticano mesmo se deteriorando, hahaha.. acho que se dependesse deles amarrariam cordas nos ossos deles e eles continuariam a abençoar a humanidade e receber twit de Deus. Porque vocês sabem que hoje, com tanta coisa acontecendo, Deus não usa mais pedras pra twittar à humanidade, como na época de Noé Moises, hoje ele usa uma forma mais dinâmica de comunicação na internet como o Twitter, Orkut, Facebook etc. O problema é que o Papa tem que saber qual é o perfil original de Deus, porque tem muito fake e tal.. haha

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

A noite dentro de mim

Doce é a noite que vaga dentro de mim
Ela percorre os cantos da casa, abre e fecha a geladeira
Olha para mim e espera ansiosamente pelo próximo dia
Mas ela não quer que eu vá, 
pois a noite só consegue pensar em minha presença
Quando eu me for, ela não saberá o que fazer, o que dizer
Então a noite fica nervosa, entra em pânico
Mas quando olha pela janela e me vê, ela fica tranquila e suspira
Doce é a noite que pensa no ser amado e sorri. Não.
Ela não sorri, começa a suar, anda de lá pra cá incessantemente.
Para. Liga a Tv. Filme de romance. Desliga. Mais nervosismo.
Vai pra varanda e me sente, e então se debruça no peitoral
Com seus brincos de estrelas e seu pingente de luar.
Ainda sou eu ali. Mas logo não será, e a noite terá que agir em breve.
Dirá "eu te amo"? Não, muito cafona. Ela não quer mostrar que está apaixonada. 
Talvez um simples "oi", mas não um "oi" qualquer,
Um "Oi" com reticências, olho no olho, mexendo no cabelo.
Não. "Muito óbvio", pensou a noite.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Uma hora da vida



Chega uma hora da vida que você começa a se questionar se tudo aquilo que você imaginou na sua infância e adolescência estão se tornando reais:

Seu emprego, suas amizades, seu curso, sua inteligência, aparência, enfim.. tudo que é relativo ao que você considera que é você. E estou exatamente passando por essa fase. Na verdade estou passando por uma fase na qual muita coisa começa a mudar na vida da gente, e como toda mudança gera uma certa insegurança, acaba que a gente fica meio confuso.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

The Ancient Tree Of Life

Breaking the silence of the ancient tree. Gathering corpses from the old town.
Injuries on the body that remains quiet, waiting for something to show the miracle of her petals
She cannot cure his disease. Instead, she'll heal his spirit that lies beneath the Tree Of Life
The tree of the trees. The mother of us. She cannot be seen, except for those who are attuned to her.
So, he drinks her blood, drop by drop, and he slowly becomes part of her trunk
His movements are stopping and his heart will not beat anymore
But he knows, deep inside, he will not be only part of the grass, or part of the sky
He will be all of this, at the same time, for ever, and ever, and ever.

(tradução:)
Quebrando o silêncio da árvore anciã. Reunindo cadáveres da velha cidade.
Lesões no corpo que permanece em silêncio, à espera de algo para mostrar o milagre de suas pétalas
Ela não pode curar a doença. Em vez disso, ela vai curar seu espírito
que se encontra debaixo da Árvore da Vida
A árvore das árvores. A mãe de todos nós. Ela não pode ser vista, exceto por aqueles que estão sintonizados com ela.
Assim, ele bebe o seu sangue, gota a gota, e ele lentamente se torna parte de seu tronco
Seus movimentos estão parando e seu coração não baterá mais
Mas ele sabe que, no fundo, ele não será apenas parte da grama, ou parte do céu
Ele será tudo isso, ao mesmo tempo, para sempre, e sempre, e sempre.

Ego ( )

leia o texto depois de apertar play no vídeo abaixo:

Pensamos em tudo que fizemos. Fomos atrás de nossas escolhas. Erramos. Acertamos. Choramos. Fizemos tudo, mas TUDO aquilo que nos trouxe até este exato momento: para mim, ao escrever esse texto; para você, ao ler.