Páginas

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Quem quer ser um milionário?

Irineu, O Barão de Mauá
Sabem porque meus sonhos voam tão alto, inclusive com relação a dinheiro?

Simples: Eu penso muito no bem comum. Meus atos, desde quando eu tinha meus 3 anos de idade foi pensando nos outros. Sempre defendi meus colegas mais fracos dos mais fortes, sempre defendi as garotas. Na adolescência não foi diferente, pois eu sempre soube que a força de um podia se tornar a força de muitos, e por isso sempre tomei iniciativa para defender aquilo que eu e os outros tinham direito.
Tudo bem que nunca fui o melhor exemplo, nunca liderei gremios estudantis ou passeatas, embora já tenha participado de algumas. Comecei a escrever músicas a 11 anos!! As letras falavam de igualdade, de consciência perante o mundo, perante a vida e as pessoas. Eu sempre enxerguei além, embora muitas vezes fui egocêntrico, sofri por amor, chorei, me isolei... Nunca tive ninguém pra me explicar sobre a vida. Embora tivesse minha mãe, nunca chegamos a realmente ter alguma conversa.

Hoje em dia eu não busco o sucesso apenas para atingir meus objetivos pessoais e nascer, crescer e morrer como se nunca tivesse existido. E POR ISSO QUE QUERO VOAR ALTO! Se tem algo que eu aprendi é que para mudar algo que já existia antes de você, você tem que fazer parte desse algo, tornar-se importante ali dentro, e aí então você pode mudar tudo, só depende de você! É quase como um vírus benéfico, rsrs. Tudo isso que falo de dinheiro, de ter um carro caríssimo, de ser milionário... é tudo motivação, é um meio de traçar um ponto de referência que eu tenho que alcançar, e quando então eu for importante para as pessoas, ou para o mundo, vou poder fazer algo pelos menos favorecidos. Parece discurso fake, realmente, tipo aquele político que fala "Não, mas QUANDO EU FOR ELEITO... eu vouu". Mas eu não ligo para o que as pessoas pensam sobre mim quanto a isso. Eu sou assim. Sei como eu funciono.
Edward Norton em "Clube da Luta"
Eu sou cabeça dura! MUITO! Pelo menos com as coisas que eu acredito que são verdadeiras. E isso não vai mudar por causa da quantidade de dinheiro no bolso que eu tiver! pode ser mil, 1 milhão, 1 bilhão... Eu vou pensar no próximo mesmo quando o próximo pensar que estou tramando algo contra ele. rsrs

Nunca quis parecer bonzinho. Alias, quem disse q eu sou? Conheço meus defeitos, já fiz muita coisa errada e provavelmente ainda vou fazer um bocado! O que eu não sou é burro. E burrice é cada um dos 7 bilhões de seres que se dizem "humanos" pensar somente em seus respectivos umbigos e continuarem agindo da mesma forma. Eu penso no futuro, no bem comum, penso no que a maioria não parou pra pensar. Não me importo de parecer grosso, estúpido, mau caráter, ou sei lá o que disserem de mim no futuro, só me importo com uma coisa:

de ter NASCIDO, VIVIDO E MORRIDO PELO BEM DA HUMANIDADE E DAS LEIS DO UNIVERSO!

Até a próxima, amigos!   _|_

hehe
 

Um comentário: