Páginas

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O Governo é nosso empregado.

Nós somos os empregadores. A função do Governo é garantir a sustentabilidade, manutenção, segurança e desenvolvimento de tudo que for relativo aos seus empregadores, ou seja, à Nós, população que paga um salário bastante gordo ao seu empregado, tudo para garantir que ele faça o seu trabalho sem reclamar. Mas não é assim que acontece na prática, não é verdade?

Nesse caso, o Governo, desde que foi empregado por Nós, sempre cobrou um aumento estrondoso de salário e Nós sempre abrimos mão. Hoje a coisa mudou: Nós não queremos mais pagar esse salário para que o Governo fique mais gordo, fétido e simplesmente faça o que sempre fez: nos ignorar. Não é que não queremos pagar. Nós queremos pagar, apenas percebemos que o prazo de esperar que o Governo faça o seu trabalho acabou, e agora decidimos demiti-lo, pois esse já não serve mais para Nós.

Como Nós não queremos violência e o Governo se nega a sair de nossa propriedade, vamos apenas parar de pagar a eles e de fazer o dinheiro circular nas mãos deles. Dessa forma, o Governo terá duas escolhas: Ou ele começa a trabalhar rapidinho, ou ele irá procurar outra forma de se alimentar.

A População Brasileira, 191 milhões de pessoas, está cansada de pagar e alimentar um Governo que a maltrata todos os dias, que a explora, pisa na sua cara e que manda a População se fuder obedecer, quando na verdade essas 191 milhões de pessoas que estão no comando. A Greve Geral já aconteceu aqui no Brasil, mais especificamente em São Paulo, em 1917 (foto ao lado). Link:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Greve_Geral_de_1917

=)

6 comentários:

  1. É importante que vocês compartilhem! Isso chama-se Greve Geral e está acontecendo já em alguns países, assim como já aconteceu no Brasil em 1917.

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto, Márcio! Que ao menos uma parcela desses 191 milhões tenham a mesma consciência política que você possui. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do texto, ficou bom demais. Só acho que pra melhorar essa condição, tem que melhorar o caráter da população também, uma coisa que demanda muuuuito tempo e investimento em educação. O governo sucateia a educação e a população continua ignorante, o que gera um ciclo sem aparente fim. Como será que devemos quebrar o ciclo?

    Eu pensei que a internet iria contribuir com essa quebra, mas o que ando observando é que a internet está nos deixando mais narcisistas.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, muito obrigado pelo comentário. Concordo com tudo que você disse ^^ Podemos facilmente pegar o exemplo da greve dos professores de 2012, que perdura a meses e o Governo ta pouco se fodendo pra isso. Meus amigos estão sem aula e não sabem mais o que fazer.

    "Como quebrar o ciclo?", você disse. Pois bem, existe uma solução sim, mas é preciso união entre as pessoas, assim como há união na hora de torcer para o time do coração ou para a seleção de futebol. Essa solução se chama GREVE GERAL dos trabalhadores. A greve dos professores de universidades públicas não funciona porque os ÚNICOS prejudicados na greve são os alunos. Queria ver se houvesse uma greve na indústria e do comércio em São Paulo, como ocorreu em 1917, aqui mesmo no Brasil.

    Não estamos muito distantes dessa realidade, caro amigo. No começo de 2012 eu comecei a investigar sobre isso, antes dessas greves.. e vi que tem gente preparando o Brasil para uma Greve Geral... e desde lá tivemos várias greves em vários setores. Algumas delas foram ruins para a população, mas é um mal necessário... pois se fizermos uma greve a nível nacional exigindo nossos direitos na educação principalmente... A coisa vai mudar. Foi isso que sugeri no texto.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Sobre a internet:

    É uma faca de dois gumes. Ela consegue intensificar todos os tipos de processos ,tanto os bons quanto os ruins.

    Quem nunca gostou de investigar nada e vive feito "palhaço", vai se tornar um completo ignorante e alienado do mundo, vai ser mais uma ferramenta para esses governantes.. porque estamos na geração do "maria vai com as outras".

    Você usa o Facebook e então vê uma foto de Lula lendo um livro de cabeça pra baixo e escrito assim "Uma imagem vale mais que mil palavras". Você nem para pra analisar a foto ou a veracidade da fonte, você simplesmente clica em "compartilhar", como se fosse uma máquina. A verdade é que essa foto é uma montagem. Quem lê livros da Sextante, sabe que o símbolo dela, na capa, fica na parte de baixo do livro, abaixo do título, porém o autor da montagem, que com certeza não lê, não colocou o símbolo, porque não sabia disso!

    Veja:
    http://folha13.blogspot.com.br/2011/05/foto-de-lula-lendo-livro-ao-contrario-e.html

    Por outro lado, pessoas iguais a nós tem acesso a uma infinita gama de assuntos, inclusive científicos, e com eles crescemos bastante!

    ResponderExcluir